Salada de rúcula, manga e gorgonzola

Paixão declarada

Amo saladas.  Sou daquelas pessoas que, num churrasco, por exemplo, ficam enlouquecidas com as saladas, elogiando-as tanto quanto –ou mais- do que a própria carne, para decepção dos esforçados churrasqueiros de plantão.
Se vou a algum boteco e a ideia é só pedir uma batata frita para acompanhar a cerveja, mal chega à mesa e eu roubo para meu prato a folha de alface (murcha, geralmente, pelo calor da batata) e a rodela de tomate que o cozinheiro mandou para decorar a travessa.
No verão o jantar preferido aqui em casa são saladonas muito sortidas.  E a família já se habituou a que a travessa maior nos almoços de domingo em família é a da salada, quando não são duas…

Top 10

Nesse universo tão vasto das saladas é claro que algumas vão subindo no ranking de preferências.  Difícil dizer qual estaria em primeiro lugar.  A salada Waldorf, por exemplo, é uma que me fascina (preciso postar a receita, qualquer dia destes).
Mas a salada de rúcula, manga e gorgonzola, sem lugar a dúvidas, também está no topo dessa lista.  Você já a comeu?  Nãaaaoooo?  Não sabe o que está perdendo!
É uma delícia!! Você pode temperá-la como preferir ou usar o molho à base de mel e mostarda que amanhã vou postar.

Salada de rúcula, manga e gorgonzola

Desde que conheci esta salada, há aproximadamente dois anos, já ensinei esta receita para várias pessoas, além de tê-la feito inúmeras vezes aqui em casa.  Pensar em um almoço especial, geralmente me remete a esta opção de salada.
É uma combinação de sabores incrível.  Minha irmã sugeriu acrescentar-lhe nozes e ficou ainda melhor!
Procure usar a rúcula chamada “baby”, que é mais delicada na textura e no sabor.
A manga deve estar madura, para ser doce, porém firme, porque a ideia é cortá-la em cubos e isto só se consegue quando a fruta oferece certa firmeza.Quanto ao gorgonzola, que seja de qualidade, e só tire-o da geladeira na hora que for cortar, porque ele é muito cremoso e tampouco queremos que se desmanche inteiro, ok?

Classificação da Receita

  • (0 /5)
  • (0 Classificação)

Instruções

Higienize muito bem a rúcula e centrifugue-a.  Higienize também a manga, descasque-a e corte em palitos ou cubos.  Acomode a rúcula na travessa, faça o mesmo com a manga e depois pique o queijo em cubos, distribuindo no centro ou espalhando, ao melhor estilo selvagem (adoro, tão a minha cara!).  Se você não tiver ou não gostar do queijo gorgonzola, pode usar outro, como queijo prato, ou uma boa mussarela, inclusive ralada no ralo grosso, como na foto a seguir.
Se usar nozes, também salpique-as por cima.
Tempere a gosto somente na hora de servir.
Outra opção (que fica divina!) é usar o molho de mostarda e mel.

 

Sobre o Chef

Diana Marília

Texto sobre quem escreve

Você também vai gostar de: