Pão integral de milho

A fada do milho

Todo inverno é assim.  Ou quase todo inverno.  Alguma “fada madrinha” aparece aqui em casa com uma pequena carga de espigas de milho.  Eu amo essas surpresas!
Morar no Estado que é o maior produtor desse cereal no País tem suas vantagens… Paranaué, Paraná, Paranaué, Paraná…hahahah
Dessa vez o milho com que fiz esta receita foi trazido pela fada Rosana, minha amiga.

Delícias feitas com milho

De minha “safrinha” particular sempre surgem diversas delícias, algumas já testadas, mas que tenho que postar, ainda, como o sorvete e o creme, e outras novas, como este pão integral de milho.
Na verdade era para ser um pão feito na máquina.  Naqueles dias eu andava bem viciada na mordomia desse eletrodoméstico.  Inclusive pesquisei a receita dessa forma pela internet, como “pão de milho natural na máquina”, caindo, graças às correntezas da Internet, na “rede” do site Googleweblight.  Bingo!

Plano B na marra

Coloquei os ingredientes na forma de minha amada máquina, escolhi peso, cor da casca, ciclo e liguei.  Ahhh, o delicioso barulhinho da máquina de pão…tão automática! Tão independente! Tão auto-suficiente!  Que delícia de som.  Ia sentar para trabalhar um pouco no computador, para  esperar o cheirinho de pão assado quando, repentinamente, o barulho parou. Como assim?  O que houve? Adivinha???!! Eu havia ligado na tomada da voltagem errada! Aparelho para 110V ligado em 220V!!!!!
Que raiva, que ódio, que tola, que distraída, que lapsus de atenção!!  Fiquei muito chateada, muito, mesmo.
Mas, enfim, o importante é ter saúde…srrsrs
Por isso, fui forçada a partir pro plano B.  Tirei a massa da máquina e fui para o braçal.
O pão ficou bem saboroso, úmido e bem nutritivo e agora que é época de milho, uma  boa oportunidade para variar o cardápio alimentando bem a família.
Bora aprender a fazer este pão?

Classificação da Receita

  • (0 /5)
  • (0 Classificação)

Instruções

Coloque em um bowl as farinhas, açúcar, fermento, sal e margarina e misture.
No liquidificador bata o milho juntamente com a água, até virar uma pasta.  Passe esta pasta para o bowl com os demais ingredientes e amasse até ficar homogêneo.  Devolva ao bowl, cubra com um pano e deixe crescer.  Quando houver dobrado o volume, amasse novamente, dê o formato de pão e coloque na forma untada.  Deixe crescer de novo.  Se quiser faça pequenos cortes transversais para dar um charme.
Leve para assar, por aproximadamente 40 a 50 minutos.
Desenforme quando morno e saboreie.
Com manteiga ou requeijão e um bom cafezinho é de comer de joelhos!

Sobre o Chef

Diana Marília

Texto sobre quem escreve

Você também vai gostar de: