Filé de peixe ao leite de coco

Tá booom, tá booom, eu prometo…

Se algum dia você for questionado por um profissional médico ou nutricionista sobre a frequência com que você consome peixe, é bem provável que, como a grande maioria das pessoas, você leve um puxão de orelhas.  Já o imagino saindo do consultório, com o rabinho entre as pernas, fazendo mil promessas de mudança de hábitos.
As minhas orelhas já deveriam estar deformadas, arrastando no chão, a esta altura, porque consumo muito pouco peixe. Mas isso não foi sempre assim.
Nos deliciosos cerca de quatro anos em que morei em Florianópolis, onde nasceu meu segundo filho, comíamos bastante.  Creio que mais outros frutos do mar, especialmente camarão, do que peixe em si.  Mas as tainhas…ahhh, que delícia.  Inclusive as ovadas! Que saudade dessa época!

Combinação infalível

Não me lembro de onde tirei esta receita, mas ficou muito gostosa.  Isso não foi exatamente uma surpresa, já que há determinadas combinações de ingredientes de sucesso mais do que comprovado.  Ou alguém duvida que misturar morango com chantilly fique bom?  Queijo com goiabada, macarrão e queijo…  Neste caso peixe, batata, cebola, pimentão, tomate, azeite, leite de coco…tinha como ficar ruim, por acaso?  Era quase uma moqueca!

A escolha do peixe

Um dos motivos pelos quais não consumo peixe na quantidade necessária é a indisponibilidade dele fresco, por aqui onde moro.  Claro, há peixe de rio, mas eu não sou lá muito fã.  E tampouco hoje em dia conheço bem os fornecedores, como quando morávamos em Floripa.  Lembro como era gostoso se enfiar por ruelas e chegar na casa “dos caras” certos, que estavam ainda descarregando o produto da pesca.  Ou ir naquela venda do mercado municipal onde o vendedor já nos conhecia e fazia indicações muito camaradas do que estava melhor no dia.
Hoje, somos o freezer do mercado e eu, um frente ao outro…
Desta vez usei a polêmica polaca do Alasca e foi um pouco problemático, porque estava congelada e acabou soltando muita água.  Mas todo mundo adorou, mesmo ficando “ensopada” rsrsrs
Procure evitar isso para um melhor resultado.  Tilápia ou merluza seriam ótimas opções, também.  E frescas ou devidamente descongeladas com tempo, claro.

Classificação da Receita

  • (0 /5)
  • (0 Classificação)

Instruções

Descasque as batatas, fatie e cozinhe até começarem a amolecer.  Escorra e reserve.
Pique o alho e esprema o limão.  Tempere os filés com eles e mais o sal.
Fatie a cebola, o tomate e o pimentão.
Em um refratário coloque camadas de batata e tomate.
Por cima acomode os filés, cebola, pimentão e cheiro verde. Regue com o leite de coco, o molho de tomate e o azeite de oliva.
Leve ao forno pré-aquecido, em temperatura média, por meia hora.
Sirva acompanhado de arroz e salada.

Sobre o Chef

Diana Marília

Texto sobre quem escreve

Você também vai gostar de: