Docinhos de coco ou coquinhos

Que nome escolher?

A questão do nome dado às coisas, aos objetos, é bem complexa e cheia de incertezas.
Quando fiz esta receita, passei alguns instantes pensando como chamá-los.  Coquinhos veio logo à minha mente.  Achei que era um nome fofo e bem apropriado para estes…como chamá-los?  Biscoitos?  Docinhos?  Bolinhos?  Nenhuma categoria me satisfez por completo, por isso, creio que o nome/categoria deles deve ser coquinhos mesmo!
Pense bem, por acaso você imagina algum nome melhor para o elefante, do que elefante?  Ou melhor do que bola para uma bola?  Há coisas que nasceram carimbadas com a indefectível e natural afinidade ao seu nome! Kkk  Elas só podiam ser chamadas pelo nome que têm! Rsrsrs

Origem da receita

Enfim, estes docinhos de coco ou coquinhos são uma das receitas que guardei para testar da lendária Doña Petrona C. de Gandulfo, culinarista famosa do século passado da Argentina.  Eu cresci admirando essa figuraça com seu vanguardista programa de TV.  Isso há dezenas de anos atrás, quando eu morava em Buenos Aires, em minha infância e adolescência.
Me encantava com os potinhos com ingredientes, sem saber que estava assimilando a tão básica e importante prática de preparar a mise en place.

Mas o que é a mise en place?

Mise en place (pronuncia-se miz an plas) é um termo francês que significa “pôr em ordem, fazer a disposição”. Há quem considere uma “frescura” essa prática, que suja muita louça e que não precisa, mas a prática mostra que fazer a mise en place diminui a chance de ter tropeços durante o preparo de uma receita.  Ou nunca aconteceu com você começar todo empolgado a misturar ingredientes e, de repente, percebe que falta um.  Ovos, por exemplo!  Você jurava que havia dois ovos na geladeira, mas não contava que teu filho fez uma omelete quando chegou da faculdade.  Ufff.
Outro problema é estragar a preparação porque você deixou no fogo cozinhando e só então foi picar o próximo ingrediente da lista.  Enfim, ter tudo organizado, pesado, separado vai fazer tua cozinha andar nos trilhos e a sensação é muito boa!

Docinhos de coco ou coquinhos

Voltando à receita de hoje, estes docinhos de coco ou coquinhos ficam uma delícia e, o que é mais bacana, é que levam pouco açúcar.  Portanto, você come sem precisar sair se chicoteando nas costas de tanta culpa ao furar a dieta! kkkk

Classificação da Receita

  • (0 /5)
  • (0 Classificação)

Instruções

Coloque a manteiga em temperatura ambiente num bowl e junte o açúcar, ovos e gemas, a casca de limão, a farinha de trigo e mexa para homogeneizar.  Adicione o coco e faça o mesmo.  A massa deverá ficar firme o suficiente para poder moldar os coquinhos.
Você pode fazê-lo apenas às colheradas ou em forma de quenelle, aquele “balãozinho” que você consegue fazer com duas colheres de sopa, que costuma ser seguido de uma indescritível sensação de haver se tornado um grande chef hahahhaha
Coloque suas obras primas em assadeira untada e polvilhada, sem necessidade de separá-las muito entre si, e leve ao forno pré-aquecido, a 180°C, por aproximadamente 30 minutos.  Se necessário, abaixe um pouco a temperatura e deixe por mais uns 10 a 15 minutos, para que fiquem bem sequinhos.
Deixe esfriar e saboreie.  Pode guardar em pote fechado por vários dias.
Chame pelo nome que quiser.  Ou nem chame, apenas saboreie!
Abraço e até amanhã.

Sobre o Chef

Diana Marília

Texto sobre quem escreve