Bauru de forno

Bauru, como assim?

Recentemente passou pela Rede Globo um pouco da história deste tão famoso e antigo sanduíche.  Sabia que já tem mais de 90 anos?!
Sua história é relatada em um monte de sites, mas eu acabei encontrando, na G1.Globo, um relato bem detalhado, muito legal.
Lá somos informados que Bauru era o apelido do estudante de Direito que teve a ideia desse incrível sanduba que, depois, se firmou nos costumes daquela cidade e região.  Hoje já é preparado em um monte de lugares, assim como também ganhou diversas versões.
Eu não sabia, até agora, que a receita original usava rosbife (e não presunto) e água fervendo para derreter o queijo, antes de ser incluído no sanduíche.
Achei muito interessante e fiquei com vontade de testar.

Bauru de forno

Peguei esta receita com minha irmã, Eva, e a achei excelente!  Sabe aquela hora, ao chegar do trabalho, em que dá vontade de comer algo “diferente”, gostoso, quentinho, mas sem que dê muita mão-de-obra?
Este salgado prepara em quinze minutos e, enquanto arruma a mesa e toma um banho… já assou!  Maravilha.  Parabéns, maninha!
O nome do prato, obviamente, é pela semelhança com o referido sanduíche.

Classificação da Receita

  • (0 /5)
  • (0 Classificação)

Instruções

Misture todos os ingredientes do recheio e reserve.
No liquidificador prepare a massa com todos os ingredientes (fica bem líquida.  Não se preocupe, você não errou)
Em uma assadeira ou pirex (de 25cm x 30 cm), untada e enfarinhada, despeje metade da massa.  Coloque o recheio cobrindo toda a massa e, por cima deste, a segunda metade da massa.
Salpique com um pouco de queijo parmesão e orégano e leve ao forno médio até assar (uns 30 minutos).
Fica bem suave, cremoso, uma massa leve e muito saborosa!
Ah!  Minha irmã diz que também pode ser feito com outros recheios, como frango, calabresa, etc... Vamos tentar outro dia?

Sobre o Chef

Diana Marília

Texto sobre quem escreve