Alfajor Cachafaz

Meu queixo ainda cai quando penso nisto.  Passei a imensa maioria do tempo de minha vida acreditando que o Havanna era, sem dúvida alguma, o melhor alfajor que existia, especialmente na Argentina.   Até recentemente, quando meu amado irmão, na última visita que nos fez, trouxe em sua mala, não aqueles alfajores que nos alegraram a vida toda, mas uns que eu nunca tinha ouvido falar: alfajores CACHAFAZ.
Superada a frustração imediata, ele explicou que se tratavam de uns tão bons quanto aqueles, ou até melhores.
Bastou prová-los para entender que ele não mentia: QUE DELÍCIA!!! Mais amarguinhos, perfeitos.
Soube que são mais caros que os Havanna e vi, em mais de um site, que os classificam no topo dos melhores de Buenos Aires (como no site aguiar.com, de onde tirei a foto superior, já que a minha ficou esquisita…)
Portanto, nada de não dar chance a novas marcas, como eu havia feito sempre.
Abaixo minha foto.
De qualquer modo, quanto ao referido ranking…eu não saberia se concordo ou não. Precisaria comer ambos ao mesmo tempo, tipo degustação.  Taí uma grande ideia que meu irmão poderia colocar em prática em sua próxima viagem!!!  (Não posso esquecer de dar-lhe essa humilde sugestão…).
Ah!  A título de curiosidade, cachafaz é um termo da gíria argentina (“lunfardo”), que significa atrevido, descarado, insolente, malandro, desenvergonhado, preguiçoso, inoportuno…
Por mim!  Pode ser tudo isso desde que seja assim tão gostoso! Hahhaha
Fica a dica!

Subscreva

Inscrever-se para receber atualizações via e-mail.

Não há comentários ainda.

Deixe uma resposta

?>